sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Mãe Guerreira!

Hoje queria escrever para vós filhas. Queria escrever-vos sobre a velocidade a que o tempo passa. Em como ainda ontem voces eram tão pequenas, e em como hoje são duas crianças tão grandes, e felizes. E em como deviamos aproveitar ao máximo todos os momentos juntos.
Mas quando estava à procura de fotos vossas antigas, encontrei estas. E soube que o texto para vós teria de ficar para depois. Porque naquele momento, o meu coração não teve dúvidas de que o texto que escrevesse hoje, seria sobre a vossa mãe. Sobre a guerreira que ela é.
A vossa mãe é uma pessoa muito doce, muito calma e meiga. Com um coração do tamanho do mundo, e com uma bondade dentro dela como nunca vi igual.
Mas sabem, quando chega aquele momento em que é necessário defender-vos, proteger-vos, ela tranforma-se numa fera! Consegue ir buscar forças mesmo onde não existam, e vira o mundo do avesso se for preciso, para que vocês possam ficar bem. Para que vos veja felizes. E é assim não apenas convosco, mas com a nossa família no geral! É Mãe e Mulher com M grande, bem grande!!
Já passámos por muitos desafios, e quando olho para trás, vejo o pilar que ela sempre foi, a força que sempre teve e sempre me transmitiu, e como nunca nos deixou cair em todos os momentos. Mesmo naqueles momentos em que vocês eram muito muito pequeninas, e lutavam pela vida, um dia de cada vez.
O olhar dela transmite uma força, uma vontade de viver, que vocês herdaram. E como agradeço todos os dias a Deus por vocês terem herdado essa força dela.
Sei, do fundo do meu coração, que foi essa força e todo o Amor que partilhámos uns pelos outros desde o primeiro momento, que vos manteve vivas nos momentos mais difíceis!
Obrigado Débora, pela tua força. Por seres essa guerreira incansável que não pára nunca de lutar pela felicidade da nossa família.
Tens um brilho em ti único. Uma força única. Capaz de mudar o mundo. O nosso pelo menos.




O Blog de Nós e as Marias também está no 



Sem comentários:

Enviar um comentário